28 de Abril a 15 de Maio, 2011: Feira do Livro de Lisboa - PROGRAMAÇÃO OFICIAL DE DEBATES APEL

Feira do Livro de Lisboa 2011
PROGRAMAÇÃO OFICIAL DE DEBATES APEL
Organização Booktailors

A Feira do livro é a altura ideal para fazer um balanço e perceber que livros novos podem ser encontrados neste espaço que valha a pena comprar. Para isso, não há melhor do que juntar todos os domingos, das 17h30 às 19h00, no Auditório APEL, um painel plural, com várias visões que certamente vos auxiliarão a escolher correctamente o livro ideia.

Sexta-feira, dia 29 de Abril
das 18h00 às 19h30 – Auditório APEL
Tema: Inventar Espaços para a Poesia
Onde se lê e se diz poesia? Em que lugares, reais ou virtuais, podemos hoje encontrar a palavra lírica? Que livrarias vendem estes já tão raros livros que o mercado dificilmente aceita?
Um debate com autores, bloguers, livreiros e apaixonados pela poesia
Moderação de José Mário Silva

Sábado, dia 30 de Abril
das 17h30 às 19h00 – Auditório APEL
Tema: Leitura à Rasca
Será a leitura um bem acessório? Em ano de crise, a leitura tem de fazer uma análise do caminho percorrido e do seu futuro. Numa altura em que por todo o mundo os fundos para as bibliotecas e as itinerâncias começam a ver os seus fundos a desaparecer, urge pensar no caminho a seguir.
Moderação de Teresa Sampaio

Domingo, dia 1 de Maio
das 17h30 às 19h00 – Auditório APEL
Tema: Os Melhores Livros do Ano − Infantil e Juvenil
A Feira do livro é a altura ideal para fazer um balanço e perceber que livros novos podem ser encontrados neste espaço que valha a pena comprar. Para isso, não há melhor do que juntar todos os domingos um painel plural, com várias visões que certamente vos auxiliarão a escolher correctamente o livro ideal.
Moderação de Sara Figueiredo Costa

Sexta-feira, dia 6 de Maio
das 18h00 às 19h30 – Auditório APEL
Tema: O Novo Mundo do Livro Digital
Ipad, e-books, e-ink, gadjets, tantas palavras novas num mundo que agora surge e promete coisas novas. Mais do que um debate sobre o futuro do livro, tentaremos aqui mostrar um pouco desse futuro.
Moderação de Vasco Matos Trigo

Sábado, dia 7 de Maio
das 17h30 às 19h00 – Auditório APEL
Tema: Humor Encadernado – o humor publicado em Portugal visto por quem sabe
Quatro dos maiores humoristas portugueses juntam-se para falar de livros? Só pode ser piada, naturalmente. Ou melhor, só ter piada.
Moderação de Pedro Vieira

Domingo, dia 8 de Maio
das 17h30 às 19h00 – Auditório APEL
Tema: Os Melhores Livros do Ano − Ficção
A Feira do livro é a altura ideal para fazer um balanço e perceber que livros novos podem ser encontrados neste espaço que valha a pena comprar. Para isso, não há melhor do que juntar todos os domingos um painel plural, com várias visões que certamente vos auxiliarão a escolher correctamente o livro ideal.
Moderação de José Mário Silva

Sexta-feira, dia 13 de Maio
das 18h00 às 19h30 – Auditório APEL
Tema: Livros abertos para Comer
Nos últimos anos vários livros portugueses de gastronomia têm ganho prémio e se destacado pela qualidade. Num país onde a alimentação é parte tão fundamental da nossa cultura, discutiremos a edição de livros de gastronomia.
Moderação de Nuno Seabra Lopes

Sábado, dia 14 de Maio
das 17h30 às 19h00 – Auditório APEL
Tema: Vida d’Escrita
Como começaram a escrever? O que os move no caminho da escrita? Que temas os preocupam? Três dos maiores escritores portugueses estarão ao vivo para conversar não sobre as obras, mas sobre si, o seu percurso, a sua vida de escritor.
Moderação de Luís Ricardo Duarte
Já confirmados: Lídia Jorge; Mário de Carvalho e Mia Couto

Domingo, dia 15 de Maio
das 17h30 às 19h00 – Auditório APEL
Tema: Os Melhores Livros do Ano − Não-Ficção
A Feira do livro é a altura ideal para fazer um balanço e perceber que livros novos podem ser encontrados neste espaço que valha a pena comprar. Para isso, não há melhor do que juntar todos os domingos um painel plural, com várias visões que certamente vos auxiliarão a escolher correctamente o livro ideal.
Moderação de Luís Ricardo Duarte
 
Transportes
Metro: Marquês de Pombal
Autocarros: 1/74/702/706/709/713/720/727/738/746

27 a 30 de Abril, 2011: Programação - ASSOCIAÇÃO BACALHOEIRO

4a-feira 27 de Abril 2011.  Jazz | 22h30
Todas as Quartas Jazz Jam Session com o Trio da Casa:

André Santos - guitarra
Vasco Furtado - bateria
Francisco Brito - contrabaixo

As Jamsessions, às quartas, são noites de encontros de músicos de jazz de várias gerações, o mote é dado pelo trio da casa, alunos da escola superior de música de Lisboa, pela noite fora vão-se juntando instrumentistas e cantores que fazem destas noites autênticas festas de improvisação e liberdade, variações sobre clássicos do jazz, be-bop, blues. Nestas noites o swing perfura o espaço do Bacalhoeiro.


5a-feira 28 de Abril 2011.
23h | Superclarks indie / rock
www.myspace.com/superclarks
01h | dj Lucky groove, funk, soul e muito mais


6a-feira 29 de Abril 2011.
23h | Erizo + La Doggy Party
www.myspace.com/loserizo

Erizo
01h | dj Alcides disco / electronica 


Sábado 30 de Abril 2011.
23h | Festa do bigode com dj Ruby Tocha & dj Comoustache
até meia noite: 2 bebidas x 1 para tod@s os bigodud@s 


BACALHOEIRO
Rua dos Bacalhoeiros, 125 Lisboa | tel. 21 886 48 91

Transportes
Metro: Terreiro do Paço
Autocarros: 01/36/37/40/44/60/92/706/709/711/714/732/745/759/781/790/794
Eléctricos: 12/15/18/25/28
Barco: Terreiro do Paço, Cais do Sodré
Comboio: Cais do Sodré, Rossio

28 de Abril, 26 de Maio, 23 de Junho, 21 de Julho e 29 de setembro, 2011: Debates - CICLO DE LUSOFONIAS POLÍTICAS


Livraria Pó dos Livros
Avenida Marquês de Tomar n.º89
1050-154 Lisboa
tel. 00 351 21 795 93 39

"O projecto Ciência Política ao Café promove sessões informais de apresentação e debate da mais recente investigação em Ciência Política e áreas conexas. Visa-se dinamizar a produção científica, através da partilha de conhecimentos e da crítica construtiva, com fito a romper as barreiras académicas de «escola»."
 
Transportes
Metro: Saldanha, S. Sebastião
Autocarros:16, 21, 36, 44, 49, 56, 91, 108, 732, 738, 745
 
Fonte e imagem:

26 de Abril, 2011: Conferência científica - CHERNOBYL, 25 ANOS DEPOIS...

"Iniciativa na Universidade de Lisboa
Chernobyl, 25 anos depois...
Por ocasião do 25.º aniversário do acidente nuclear de Chernobyl, realiza-se, esta terça-feira, dia 26, na Universidade de Lisboa, uma conferência científica sobre o tema, na qual participam várias individualidades, designadamente o Reitor da Universidade de Lisboa e os Embaixadores da Ucrânia e da Rússia.
Por André Mateus | amateus@mundouniversitario.pt
Durante a sessão, que terá lugar no Salão Nobre da Reitoria da Universidade às 17h30, com entrada livre, será ainda exibido o filme "Sleeping Beast", que tem a duração de 10 minutos."

Transportes
Autocarros: 31, 701, 732, 735, 738, 755, 764, 768
Metro: Cidade Universitária

Fonte e imagem:

até 31 de Dezembro. 2011: Exposição - ALJUBE, A VOZ DAS VÍTIMAS

"O projecto nasceu da ideia de fazer justiça às vítimas da repressão durante a ditadura, mostrando, de modo necessariamente breve, como esta se organizou e quais foram as condições em que milhares de homens e mulheres a sofreram, nas masmorras daquele regime, na tortura e, algumas vezes, morrendo pelos seus ideais.
Quisemos imprimir a esta exposição o máximo rigor histórico como condição essencial para a memória de tempos a que não queremos retornar, mas cuja violência queremos recordar e fazer entender.
Durante 37 anos, entre 1928 e 1965, milhares de homens, vítimas da polícia política da ditadura, subiram as escadas do Aljube para recolher aos "curros" do isolamento, às celas colectivas ou à enfermaria. Vinham dos interrogatórios, acabavam de ser presos ou regressavam de uma visita no parlatório.
Muitas vezes, derreados por dias consecutivos de tortura do sono e da "estátua" ou doridos pela violência dos espancamentos, tinham de ser arrastados, escadas acima, pelos carcereiros. Alguns não sobreviveram.
São deles as vozes desta Exposição.
Para honrar a sua memória e o seu sacrifício.
Abril de 2011"

Horários da exposição: de terça-feira a domingo, entre as 10 horas e as 18 horas.
Encerra à segunda-feira.
Entrada livre
Morada: Rua de Augusto Rosa, n.º 40, 1100 Lisboa
Visitas guiadas, todas as terças-feiras pelas 15 horas, mediante marcação no local ou pelo e-mail info@aljube.net, mais informação aqui.

Outra programação prevista:
Sessões de cinema e documentário na sala multimédia do edifício do Aljube, em data e horário a anunciar;
Conferências e debates, designadamente sobre a História Patrimonial do Edifício, pelo arqueólogo Clementino Amaro (21 de Abril), a PVDE/PIDE/DGS (28 de Abril), pela historiadora Irene Pimentel, ou os Métodos e organização da PIDE (5 de Maio), por Alfredo Caldeira, administrador do Arquivo e Biblioteca da Fundação Mário Soares.

Lista de todas as conferências, aqui.

Transportes
Barco: Terreiro do Paço
Metro: Baixa-Chiado, Rossio, Terreiro do Paço
Autocarros: 37 (paragem mais próxima), 7, 28, 709, 711, 714, 732, 735, 740, 745, 746, 759, 760, 781, 782, 790
Eléctricos: 12 (descendente), 28

Fonte:
http://www.aljube.net/dossier01.pdf

27 de Abril, 2011: Alkantara - BERLIN, NOVA CRIAÇÃO


NOVA CRIAÇÃO
Portas Abertas - 27 de Abril - 19h00

"A companhia Berlin, sediada em Antuérpia e construída à volta dos criadores Bart Baele e Yves Degryse, veio pela primeira vez a Lisboa em 2008 com “Bonanza”, espectáculo apresentado dentro do alkantara festival. Em 2010, regressaram ao festival com uma segunda obra, feita a partir de uma cidade: “Moscow”.

Entre Março e Abril, Berlin estão em residência no espaço alkantara. Iniciam aquí um período de pesquisa para um novo projecto, desta vez inspirado em Lisboa e inserido dentro do ciclo “Horror Vacui”.

Horror vacui: o medo do vazio
O Homem está sempre à procura de respostas e explicações para cada fenómeno.
Ele tem medo das dúvidas, das incertezas e das questões sem resposta.

“Horror Vacui” coloca sobre a mesa, discussões e assuntos (da cidade).
Interlocutores que por incapacidade ou que por falta de vontade não estão disponíveis para entrar em dialogo, são reunidos através de entrevistas virtuais e edição vídeo. Cada pessoa é entrevistada ao longo de vários meses, no seu contexto particular. Através do seu método específico de filmagem e edição, Berlin cria o que parece ser uma conversa verdadeira. Uma mesa redonda encenada.

Nesta fase inicial de pesquisa, Berlin está em residência no espaço alkantara por dois meses.

Informações e Reservas - Espaço alkantara - 213 152 267 | 91 519 40 02 | reservas(at)alkantara.pt"

Espaço Alkantara
calçada marquês de abrantes, 99 | 1200-718 lisboa, portugal

Transportes
Autocarros: 28/60/74/706/713/714/727/732/794
Comboio: Santos
Eléctricos: 15/18/25/28
Fonte e imagem:

25 a 30 de Abril, 2011: Festival - CRAVOS DE ABRIL

DIA 25:
- apresentação do Festival dos Cravos de Abril numa pequena sessão solene no auditório do Quartel do Carmo
- atribuição dos prémios do concurso de fotografia "Uma imagem contra..." + pequeno apontamento musical ou poético

DIA 26
- conferência na sala do Arquivo dos Paços do Concelho

DIA 27
- Exibição, com a presença das realizadoras, dos filmes "Tarrafal, memórias do campo da morte lenta", de Diana Andringa e "Natureza Morta" de Susana Sousa Dias, no Palácio Valadares (Largo do Carmo)

DIA 28 | 14h30
- alunos das escolas de Lisboa descobrem a "telefonia de Abril" e o Jogo da Glória sobre o 25 de Abril no espaço da Feira do Livro

Jardim de S. Pedro de Alcântara
SEXTA-FEIRA, DIA 29 DE ABRIL
19.00h -01.00h
Para além das participações das associações com gastronomia, artesanato, livros, revistas, filmes, projecções, contamos com as seguintes actuações em palco :
19.30h -Ritmos da resistência 20'
20.00h -Grupo cénico"Faz-me rir" 20'
20.30h -As mulheres do batuque "Finka pé"20'
21.00h - Dança com as "Wonderful Cova M"20'
21.30h - Momento de poesia com o grupo "Pétalas ao vento"10'
21.45h - Música de intervenção com José Gordilho 35'
22.00h - Hip, Hop pelos jovens da Escola da Cova da Moura 20'
22.30h - Música santomense com Tobias Vaiana 20'
23.00h -Hip , hop com LCDC e amigos 20'
23.30h- Música africana com "Kretcheu", Kalú Moreira,
Sotavento 4 e Aires Silva
01.00h- Encerramento

ARRAIAL COMEMORATIVO DO 25 DE ABRIL, este ano sob o lema: "A
palavra saiu à rua para lutar por um Mundo melhor"
Jardim de S. Pedro de Alcântara
SÁBADO, DIA 30 DE ABRIL
19.00h -01.00h
Para além das participações das associações com gastronomia, artesanato, livros, revistas, filmes, projecções, contamos com as seguintes actuações em palco :
19.00h - Sons do Brasil 20'
19.30h- Teatro. memórias do 25 de Abril 60'
20.35h- Dança com o grupo "Gestos"30'
21.05h - Música da Catalunha "Cançons republicanes" com
Biel Majoral e Germans Mantorell 60'
22.10h- Poesia e dança árabes 20'
22.35h- Música angolana com Mr.Jack 30'
23.10h- Música galega duo SES Maria José Silvar e Tito
Calvinho 60'
00.15 h- Música tradicional e de intervenção com o Grupo
Seiva 60'
01.00h-Encerramento

Transportes
Metro: Restauradores, Rossio, Baixa-Chiado
Autocarros: 1/36/40/44/60/91/709/711/714/732/745/758/759/790
Eléctrico: 12/15/28
Elevador: Glória
Comboio: Rossio, Cais-do-Sodré
Barco: Terreiro do Paço, Cais-do-Sodré

26 de Abril a 1 de Maio, 2011: Festival - FESTIN

"De 26 de Abril a 1 de Maio, o Cinema São Jorge, em Lisboa, veste-se com todas as cores da Lusofonia na 2.ª edição do FESTin, iniciativa organizada pela Padrão Actual, em co-produção com a Fundação Luso-brasileira e o Cinema São Jorge.

Com entrada gratuita em todas as iniciativas, o programa do FESTin integra 78 produções dos oito países que compõem a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, homenageando nesta edição o país anfitrião, Portugal.

Nas duas secções de competição destaca-se a apresentação de vários filmes que têm a sua ante-estreia no nosso país, como Lixo Extraordinário (Brasil, 2010), de Lucy Walter, nomeado na categoria de melhor documentário nos Óscares 2011. Entre as 13 longas -metragens e 42 curtas-metragens em concurso encontram-se ainda títulos que dificilmente virão a ser incluídos nos circuitos comerciais, sendo por esse motivo uma oportunidade única de conhecer o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido na área da criação cinematográfica nos países de língua portuguesa.

Procurando fomentar a reflexão sobre o contributo do cinema para o reforço dos laços que unem os oito países, o FESTin propõe também a realização das mesas-redondas “O cinema e as identidades lusófonas”, para a qual estão já confirmadas as participações do escritor angolano José Eduardo Agualusa e do sub-director da Cinemateca de Lisboa José Manuel Costa, a investigadora de cinema Maria do Carmo Piçarra, António Rodrigues,programador da Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema, o actor Miguel Sermão, o produtor de cinema Luis Correia; e “ainda a mesa com o tema Escrito e filmado: a literatura lusófona vai ao cinema”, que contará com a presença dos escritores brasileiros Amílcar Bettega e Brisa Paim, do investigador João Ribeirete, do realizador José Farinha e do escritor guineense Tony Tcheka.

No âmbito da homenagem a Portugal, a mostra “Olhares sobre Portugal” inclui a exibição de oito filmes que retratam diversos aspectos da história e cultura portuguesas, sendo ainda de realçar uma retrospectiva de obras de João Botelho, selecionadas pelo próprio realizador.

Homenagem a Manoel de Oliveira inserida no FESTin
Dia 28 de Abril, inserido na programação do Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa, é inaugurada uma sala no Cinema São Jorge com o nome do mais consagrado e célebre realizador português, Manoel de Oliveira, uma homenagem prestada pela Câmara Municipal de Lisboa. O evento contará com a presença do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, da vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto e de Manoel de Oliveira

Complementam o programa do festival as oficinas “Cinema de animação”, dirigida a crianças dos 8 aos 12 anos, e “Os primeiros passos no cinema”, para jovens dos 16 aos 21 anos, bem como a mostra “Cinema para a Inclusão”, através da qual se procura realçar o papel social do cinema."


Fonte e imagem:

21 de Abril a 22 de Maio, 2011: MUDE - HOME FROM HOME


































Mais informação sobre a exposição aqui.

MUDE - Museu do Design e da Moda
R. Augusta, 24
1100-053 Lisboa

Transportes
Metro: Baixa-Chiado, Terreiro do Paço, Rossio
Autocarros: 7, 28, 35, 36, 40, 44, 60, 74, 91, 92, 706, 709, 711, 71, 732, 745, 746, 759, 781, 782, 790, 794
Eléctricos: 12, 15, 18, 25 e 28
Barco: Terreiro do Paço, Cais-do-Sodré
Comboio: Rossio, Cais-do-Sodré

18 de Abril a 7 de Maio, 2011: Programação - INSTITUTO FRANCO-PORTUGUÊS


18/04/2011
19:00 -> 20:00
Filme legendado em português
Entrada livre
IFP

CICLO AIMÉ CÉSAIRE
UNE VOIX POUR L'HISTOIRE

Poeta, dramaturgo, ensaísta, político, historiador, Aimé Césaire é universalmente reconhecido como um dos grandes escritores do século XX. Euzhan Palcy presta-lhe homenagem num retrato construido em três partes que explora as interrogações do nosso tempo a partir da obra e do pensamento do grande glorificador da Negritude.
Parte 3 | LA FORCE DE REGARDER DEMAIN |
18/04/2011

Saber mais...

CONFERÊNCIAS

19/04/2011 | 19:30
Entrada livre
IFP

LAURENT BINET
Autor revelação francês, assina HHhH – Operação Antropóide, vencedor do Prémio Goncourt 2010 para 1.º romance e que a Sextante Editora publica a 14 de Abril.
Fascinado pela Segunda Guerra Mundial, Laurent Binet escreve um magnífico romance sobre o assassinato de Reinhard Heydrich, o chefe dos Serviços Secretos nazis e braço-direito de Himmler, comandante das Schutzstaffel (SS) e uma figura-chave na preparação do Holocausto.
O autor estará em Portugal para o lançamento do seu romance, primeiro no evento LeV – Literatura em Viagem, em Matosinhos, e depois no Instituto Francês de Portugal, em Lisboa, cuja apresentação estará a cargo de Manuel Alegre.
Saber mais...

OUTROS

20/04/2011 -> 30/04/2011
R. de S. Paulo, 121 - Lisboa
www.imagespassages.com/


CORPUS IN URBE SCREENING
Abertura dia 20, às 19h, com apresentação de Annie Aguettaz
Imagespassages — uma associação nómada de artes visuais e numéricas contemporâneas — propõe uma selecção de obras videográficas francesas em torno de “o corpo na cidade”, oferecendo desta forma uma reflexão sobre o tema e um panorama ecléctico do que se produz na área do vídeo em França.
Saber mais...
 
EXPOSIÇÃO | FORA DE PORTAS

11/04/2011 -> 07/05/2011
Appleton Square
Rua Acácio Paiva, 27 R/C, Lisboa
Tel : 210 993 660
www.appletonsquare.pt

TEMPORADA DE MANUELA MARQUES
Na Appleton Square, a artista Manuela Marques apresenta dois espaços expositivos : uma instalação video interactiva reagindo aos movimentos dos visitantes propondo um ambiente visual e sonoro que retoma o tema musical Grândola Vila Morena de José Afonso e um conjunto de fotografias recentes. Manuela Marques nasceu em Tondela, vive e trabalha em Paris.
Manuela Marques é a vencedora da sétima edição do prémio BES Photo 2011
 
EXPOSIÇÃO | FORA DE PORTAS

24/03/2011 -> 05/05/2011
Plataforma Revolver
Rua da Boavista, 84, 3º / 1200 - 068 Lisboa

EXPLORAÇÃO DO PROCESSO DO IMAGINÁRIO
Edifício Transboavista | Plataforma Revolver

Em colaboração com Les Cahiers Européens de L’Imaginaire, o artista francês Julien Isoré propõe uma exposição comparativa que procura abordar o princípio da imaginação. Experimentando a relação entre a percepção sensível, o imaginário e a narração, Gaëlle Scali, Emilie Shalck, Bertrand Zsymanski e Rémy Russotto foram convidados a debruçarem-se sobre estas questões.
Saber mais...

EXPOSIÇÃO | FORA DE PORTAS

04/04/2011 -> 30/04/2011

Espaço Groupama.ARTE
Av. de Berna, 24-D, 1069-170
Lisboa

O OURO DO TEMPO
Sara Bran

Sara Bran expõe uma colecção de jóias contemporâneas fruto de um trabalho de pesquisa e criação sobre o património das rendas portuguesas, durante uma residência artística no Museu Nacional de Artes Decorativas Portuguesas da Fundação Ricardo Espírito Santo...
Saber mais...

Institut Franco-Portugais - Av. Luís Bívar 91 - Lisboa | 21 311 14 00 | infos@ifp-lisboa.com | www.ifp-lisboa.com


Transportes
Metro: Saldanha, São Sebastião
Autocarros: 21, 36, 44, 91, 713, 716, 726, 727, 732, 738, 745

19 a 24 de Abril, 2011: Programação - ASSOCIAÇÃO BACALHOEIRO

Janeth Leigh
“A Sede do Mal”
Orson Welles, EUA 1958, 106ʼ
Terça-feira 19 de Abril 2011.  Cinema | 21h
Filmes com jantar vegetariano.
Este mês Ciclo: As Femme Fatale do Film Noir Americano
Dos três tipos de Film Noir, a femme fatale representa o mais directo ataque ás convenções das décadas de 40 e 50. A femme fatale nos filmes noir americanos, ou spider woman, usa a sua sensualidade como forma de controlo sobre o homem de forma a alcançar independência, dinheiro e poder. Ela rejeita o papel tradicional da esposa e mãe devota e procura a todo o custo a sua satisfação sexual fora do casamento, mesmo que isso signifique matar quem se coloque no seu caminho.
Hank é um polícia corrupto que envolve um jovem mexicano num intrincado enredo criminoso. Ramon Vargas é um honesto agente do departamento mexicano da luta contra o tráfico de droga, cujos movimentos colidem com os dúbios interesses de Hank.

Quarta-feira 20 de Abril 2011. Jazz | 22h30
Todas as Quartas: Jazz Jam Session com o Trio da Casa
André Santos -  guitarra
Vasco Furtado - bateria
Francisco Brito - contrabaixo
As Jam sessions, às quartas, são noites de encontros de músicos de jazz de várias gerações, o mote é
dado pelo trio da casa, alunos da escola superior de música de Lisboa, pela noite fora vão-se juntando
instrumentistas e cantores que fazem destas noites autênticas festas de improvisação e liberdade,
variações sobre clássicos do jazz, be-bop, blues. Nestas noites o swing perfura o espaço do Bacalhoeiro.

Quinta-feira 21 de Abril 2011.
23h | ShotBitBox
Shots com rifa para escolheres a tua música!

Sexta-feira 22 de Abril 2011.
23h | BEATMAC - 100% Live Looping Acapella
EL GADZÉ [R.I.O.T. Productions]
soundcloud.com/riotproductions

Sábado 23 de Abril 2011.
22h | Festa de Lindy Hop
01h | dj A boy named Sue garage beat

Domingo 24 de Abril 2011.
Jantar italiano. Adriano & Catarina

23h | Festa da revolução!
com Selecta Alice & Cónego de Braga

BACALHOEIRO
Rua dos Bacalhoeiros, 125 Lisboa | tel. 21 886 48 91

Transportes
Metro: Terreiro do Paço
Autocarros: 01/36/37/40/44/60/92/706/709/711/714/732/745/759/781/790/794
Eléctricos: 12/15/18/25/28
Barco: Terreiro do Paço, Cais do Sodré
Comboio: Cais do Sodré, Rossio

16 a 30 de Abril, 2011: Programação - CASA DA ACHADA

Sábado, 16 de Abril de 2011, 16h00

Itinerários - uma conversa com Alípio de Freitas

7ª Sessão de uma série que se realiza de dois em dois meses: uma pessoa com um itinerário pouco vulgar conta a sua história.
De Trás-os-Montes para o Brasil, do Brasil para o Alentejo, com várias terras pelo meio. O que foi «perder» o 25 de Abril. Liberdade – prisão, prisão – liberdade. Como uma canção pode salvar vidas. Ser padre e deixar de ser. O que é um movimento camponês. O que é uma arma. O que é um partido. Como se faz um golpe militar. O que é a tortura. O que é o exílio. O que é a justiça. Ensinar e aprender.
Projecção do vídeo À procura do Socialismo de Alípio de Freitas e Mário Lindolfo.

Domingo, 17 de Abril de 2011, das 15h30 às 17h30

Oficina: Juntar folhas em cadernos

Com Sónia Gabriel e Pedro Oliveira.
Traz folhas escritas por ti, desenhos, imagens, fotografias que queiras juntar e não te esqueças que estamos em Abril.
A partir dos 6 anos.
Cartaz Oficina


Segunda-feira, 18 de Abril de 2011, 18h30

Apresentação do livro HHhH - Operação Antropóide

Com a presença do autor, Laurent Binet, e do editor João Rodrigues (Sextante).

21h30

Ciclo de Cinema: Revoltas e Revoluções

Projecção de Os carrascos também morrem (1943, 134 min.) de Fritz Lang. Quem apresenta é Laurent Binet.
CapaBCartaz Revoltas e Revoluções


Sexta-feira, 22 de Abril de 2011, 18h00

Livros das nossas vidas

10.ª sessão de uma série com periodicidade mensal, a partir de livros referidos num depoimento de Mário Dionísio sobre «Os livros da minha vida».
Cristina Almeida Ribeiro fala do conto «Arranjo em preto e branco» de Dorothy Parker, que será lido.
Cartaz LNV


Domingo, 24 de Abril de 2011, das 15h30 às 17h30

Oficina: Juntar folhas em cadernos

Com Sónia Gabriel e Pedro Oliveira.
Traz folhas escritas por ti, desenhos, imagens, fotografias que queiras juntar e não te esqueças que estamos em Abril.
A partir dos 6 anos.
Cartaz Oficina


Segunda-feira, 25 de Abril de 2011, 19h00

Inauguração da Exposição Mário Dionísio - Vida e Obra

- Lançamento de Mário Dionísio - Vida e Obra (col. Mário Dionísio nº 4), catálogo da exposição, com textos de António Pedro Pita, Cristina Almeida Ribeiro, João Madeira, Jorge Silva Melo, Luis Trindade, Maria Alzira Seixo, Manuel Gusmão, Nuno Júdice, Regina Guimarães, Rocha de Sousa, Rui Canário, Saguenail;
- Lançamento de Ficha 2, 2º número do boletim da Casa da Achada-Centro Mário Dionísio;
- Actuação do Coro da Achada.
Cartaz expo MD25 Abril frente


Quarta-feira, 27 de Abril de 2011, 18h30

Projecção do filme El Mar

De Agustí Villaronga, 2000. Com a presença da escritora maiorquina Antònia Vicens.
balears


Quinta-feira, 28 de Abril de 2011, 18h00

Escola Secundária de Camões (Lisboa)

Comemorações do 25 de Abril

Actuação do Coro da Achada.


Sexta-feira, 29 de Abril de 2011, 18h30

Mário Dionísio, um escritor

11.ª sessão de uma série com periodicidade mensal sobre livros e textos de Mário Dionísio.
Manuel Cintra lê poemas de Mário Dionísio escolhidos por si, com acompanhamento musical de Bruno Broa.
Cartaz MD escritor


Sábado, 30 de Abril de 2011, 16h00

Visita guiada à exposição Mário Dionísio - Vida e Obra

por Eduarda Dionísio.


Sábado, 30 de Abril de 2011, 21h30

Colóquio: A teoria de Marx, a crise e a abolição do capitalismo

Organização: O Beco / Exit.
__________________________________________________________________________________
Associação Casa da Achada - Centro Mário Dionísio
Rua da Achada, 11, R/C
1100-004 - Lisboa

Telf. 218877090

Site: http://centromariodionisio.org/
E-mail: casadaachada@centromariodionisio.org"


 Transportes
Metro: Rossio, Martim Moniz, Baixa-Chiado
Autocarros: 7, 34, 36, 37, 709, 711, 714, 732, 740, 744, 745, 746, 759, 760, 790
Eléctricos: 12, 15, 28

19 de Abril, 2011: Apresentação de Livro - A MALA ASSOMBRADA, DE DAVID MACHADO

O novo livro infantil de David Machado, «A Mala Assombrada», editado pela Presença, vai ser apresentado por Rui Zink no próximo dia 19 de Abril, pelas 18h40, no Picoas Plaza, em Lisboa.
«A Mala Assombrada», de David Machado
«Autor premiado e de talento reconhecido, David Machado oferece um novo conto infantil aos leitores de palmo e meio. «A Mala Assombrada» recupera o imaginário do sobrenatural, muito presente numa determinada fase de crescimento das crianças. Aqui, a assombração é um fantasma que persegue dois irmãos, um de nove anos com medo de tudo e um de cinco anos, que pelo contrário, não tem medo de nada.
Dragões e ladrões, tempestades, aranhas e leões:
o meu irmão não tem medo de nada.
E ele só tem cinco anos.
(Eu tenho nove. E assusto-me com tudo.)
Levei a mala para a casa, mostrei-lha e disse-lhe:
«Há um fantasma dentro desta mala.»
«Há?», perguntou o meu irmão.
«Há», repeti eu. ´O Fantasma do Casarão.´» 

Transportes
Metro: Picoas
Autocarros: 36, 44, 83, 727, 732, 738, 745

Fonte e imagem:

16 de Abril, 2011: Visita Guiada e Debate - A CISTERNA OU A ÁRVORE

"CONVITE
A Liga dos Amigos do Jardim Botânico e o GECoRPA - Grémio das Empresas de Conservação e Restauro do Património Arquitectónico, têm a honra de o convidar para a visita guiada e debate "A cisterna ou a árvore", a realizar no dia 16 de Abril, pelas 14.00h, no Jardim Botânico, no âmbito do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios 2011 - "Água: Cultura e Património".

Jardim Botânico da Universidade de Lisboa
Rua da Escola Politécnica, 58, Lisboa

16 de Abril - 14h - Entrada gratuita
PROGRAMA
13h30m: Encontro - Portão principal do Jardim Botânico
14h00m: Inicio da visita guiada ao Jardim Botânico
-Ireneia Melo, Investigadora principal do Jardim Botânico da Universidade de Lisboa (MNHN)
-Gonçalo Ribeiro Telles, Arquitecto Paisagista. Responsável pela proposta do "Plano Verde - Estrutura Ecológica para a cidade de Lisboa" (APAP)
15h30m: Pausa para café
16h00m: DEBATE
-Ana Luísa Soares, Arquitecta Paisagista. Investigadora do Centro de Ecologia Aplicada Professor Baeta Neves (ISA; APJSH)
-Gonçalo Ribeiro Telles, Arquitecto Paisagista. Responsável pela proposta do "Plano Verde -Estrutura Ecológica para a cidade de Lisboa" (APAP)
-José Morais Arnaud, Presidente da Associação dos Arqueólogos Portugueses. Museu Arqueológico do Carmo (AAP)

Organização:
LIGA DOS AMIGOS d0 JARDIM BOTÂNICO
GECoRPA - Grémio das Empresas de Conservação e Restauro do Património Arquitectónico
Foto: Jardim Botânico, Lago de Baixo, Paulo Guedes, c.1900. Arquivo Municipal"
 
Transportes
Metro: Rato, Baixa-Chiado
Autocarros: 74, 706, 709, 713, 720, 727, 738, 758, 773
 
Fonte e imagem:

16 de Abril, 2011: Record Store Day - FLUR

"A loja lisboeta Flur se prepara para participar no Record Store Day, uma ideia original de Chris Brown. É o dia em que centenas de lojas de discos espalhadas por todo o mundo, celebram com diversas actividades a arte da música. No que toca a concertos, a proposta da Flur é excelente:
13h00 – Flur playlist
15h00 – Alcides (DJ)
16h30 – Afonso Pais & JP Simões com Carlos Barretto (ao vivo)
17h00 – Tiago Sousa toca Zeca Afonso (ao vivo)
17h30 – June (ao vivo)
18h00 – Niagara (ao vivo)
18h30 – Nuno Bernardino (DJ)
Já se sabe, vai ser sábado, 16 de abril de 2011, entre as 13h e as 20h."

Flur Discos
Av Inf D Henrique, Armazém B4

Transportes
Metro: Santa Apolónia
Autocarros: 12, 28, 34, 706, 735, 759, 781, 782, 794
Barco: Terreiro do Paço
Comboio: Santa Apolónia


Fonte e imagem:
http://a-trompa.net/breves/record-store-day-2011-na-flur?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+ATrompa+%28A+Trompa+-+Toda+a+M%C3%BAsica+Portuguesa%29&utm_content=FaceBook