Boas Férias!

Lourdes Castro (1991)

Voltaremos em breve.

Agosto, 2013: Biblioteca Municipal Palácio Galveias - AULAS GRATUITAS DE YOGA E TAI CHI

Biblioteca Municipal Palácio Galveias
Campo Pequeno, Lisboa

"TAI CHI e YOGA
O Quiosque Galveias com o apoio da Confederação Portuguesa de Yoga e colaboração da BMPG, irá realizar sessões de Yoga Samkhya e TAI CHI aos domingos no Jardim do Palácio Galveias.


Programa
04.08.2013 - Tai-Chi, com Laura Napal
11.08.2013 - Yoga, com Ricardo Costa
18.08.2013 - Tai-Chi, com Laura Napal
25.08.2013 - Yoga, com Ricardo Costa


Sempre às 11:00h, mas é preciso estar atento porque pode haver surpresas
".

Entrada gratuita, mediante inscrição prévia para: quiosquegalveias@gmail.com



Transportes
Comboio: Entrecampos, Roma
Metro: Campo Pequeno
Autocarros: 727, 736, 738, 744, 749, 754, 756, 783, 798

Até 15 de Setembro, 2013: CIÊNCIA VIVA NO VERÃO 2013

Até 15 de Setembro, passeios científicos, observações astronómicas, visitas a obras de engenharia, castelos e faróis, em todo o território nacional, na companhia de especialistas de instituições científicas, museus, centros ciência viva, associações e empresas.

A participação nas ações é gratuita.

Inscrição on-line ou através da linha azul 808 200 205
(O nº azul funciona das 9h00 às 18h00)

26 de Julho a 30 de Setembro, 2013: Aulas - EXERCÍCIO FÍSICO AO AR LIVRE

"É já a partir do próximo dia 26 de Julho que vai ser possível começar a usufruir de aulas de ginástica ao ar livre. Com mais ou menos ritmo, com maior ou menor intensidade, prepare-se para 45 minutos repletos de adrenalina. Treino cardiorespiratório de média e/ou alta intensidade, aulas de resistência muscular, treino holístico ou dança são as várias opções disponibilizadas gratuitamente até ao dia 30 de Setembro.
Aeróbica, Zumba, Yoga, BodyAttack, BodyCombat, RPM, Step, Defesa Pessoal, Pilates, PowerJump ou Sh'Bam são apenas algumas das modalidades que o Solinca vai colocar em prática no Jardim do Colombo. Seja para queimar calorias, seja para tonificar, seja para relaxar corpo e mente ou, simplesmente, para desfrutar de momentos de pura diversão, a vasta diversidade das aulas vão assim ao encontro de todos os gostos e todas as necessidades.   
As aulas, destinadas a todos os visitantes do Centro Colombo (não é necessário ser sócio do Solinca), ocorrem todas as Segundas, Quartas e Sextas das 12:00 às 12:45 horas e das 18:00 às 18:45 horas. Aos Sábados, as aulas realizam-se das 10:00 às 10:45 horas. 
As aulas de grupo são dadas por professores do Solinca e tem uma lotação máxima de 35 pessoas por sessão. Os interessados em participar nas aulas têm que se inscrever previamente na recepção do Solinca. As aulas decorrem no Jardim do Colombo (piso 2)".

Centro Comercial Colombo – Av. Lusíada | Benfica | Lisboa

Transportes
Autocarros: 703, 726, 729, 750, 764, 767, 768, 780
Comboio: Benfica
Metro: Colégio Militar/Luz
 

28 de Julho, 2013: Concerto - CORO CAMERATA SINGERS

Transportes
Metro: Terreiro do Paço, Baixa-Chiado, Rossio
Comboio: Santa Apolónia, Rossio, Cais-do-Sodré
Barcos: Terreiro do Paço, Cais-do-Sodré
Autocarros:
91, 711, 714, 732, 736, 737, 746, 759, 760, 781, 782
Eléctrico: 12, 15, 18, 28
 

25 de Julho, 2013: Concerto - HASSAN EL GADIRI & TRANCE MISSION

"Com origens na África subsariana, o gnawa é um género híbrido entre expressão musical, rito local da religião islâmica e prática terapêutica. Levada por escravos para Marrocos há cerca de quatro séculos, é um estilo musical em que, à semelhança por exemplo da tarantela em Itália, o estado de transe que provoca tem um efeito tão libertador que lhe são atribuídas propriedades curativas. Em Trance Mission, dança-se ao som de um gnawa especial, fundido com jazz de derivações free e riffs de afrobeat. Criado pelo saxofonista belga Grégoire Tirtiaux, já não é um projeto de gnawa tradicional, mas continua a ser gnawa verdadeiro, não fosse a sua estrela nesta formação o mestre Hassan “El Gadiri” Zgarhi, originário de Marraquexe. O grupo que vamos ver  (…) é formado por nove elementos: três norte-africanos, a quem cabe o canto e a percussão hipnótica da “qarqaba”, e seis europeus (incluindo o baterista português João Lobo), que constituem o motor jazz da orquestra. Tanto uns como outros são experimentados improvisadores e o que se pode esperar deste concerto é um encontro em que todos se deixam levar para os mais elevados graus de liberdade que cada um dos seus géneros representam". FMM Sines

ZDB
Rua da Barroca, no 59
1200-049 Lisboa Portugal
t. + 351 213 430 205
zdb[@]zedosbois[.]org
reservas[@]zedosbois[.]org


Transportes
Metro: Rato, Baixa-Chiado
Autocarros: 74, 706, 709, 713, 720, 727, 738, 758, 773
Eléctrico: 28
Elevador: Bica, Glória
Comboio: Cais-do-Sodré, Rossio

27 de Julho, 2013: Concerto - CORO REGINA COELI DE LISBOA


Museu Nacional de Arte Antiga
Morada: Rua das Janelas Verdes
1249 - 017 Lisboa
Telefone: (351) 21 391 28 00


Transportes
Autocarros: 713, 714, 727, 728, 732, 760
Eléctricos: 15, 18, 25
Comboio: Santos
Barco: Cais-do-Sodré 

22 de Julho, 2013: Cinema - LOVE IN THE CITY

Espaço Nimas, Avenida 5 de Outubro 42B - Lisboa
Entrada livre (no limite dos lugares disponíveis). 
"O Espaço Nimas abre as portas ao cinema feito em Macau. A sessão é gratuita e contará com a presença dos sete realizadores das seis curtas-metragens dedicado ao amor nesta região chinesa. A sessão será apresentada em inglês e o filme exibido com legendas em inglês.
De Macau para Lisboa, sob o signo do amor. Seis curtas-metragens filmadas na região chinesa por novos realizadores (de Macau, China e Portugal) vão ser exibidas na próxima segunda-feira, 22 de Julho, às 21h30, no ESPAÇO NIMAS, numa sessão exclusiva e de entrada livre".

Transportes
Metro: Saldanha, São Sebastião
Autocarros: 713, 716, 726, 727, 736, 738, 742, 744, 783, 798
Comboio: Entrecampos

Todo o ano: Voluntariado - JARDIM BOTÂNICO DE LISBOA


O interessados em participar nos programas de voluntariado do Jardim Botânico de Lisboa, podem enviar um email geral@museus.ul.pt e integrar uma das equipas que se organizam todas as Quintas-feiras.

Jardim Botânico de Lisboa
Museu Nacional de História Natural e da Ciência
Universidade de Lisboa
Rua da Escola Politécnica, 58-60
1250-102 Lisboa


Transportes
Metro: Rato
Autocarros: 706, 709, 713, 720, 727, 738, 758, 773, 774


Imagem: http://www.mnhnc.ul.pt/portal/page?_pageid=418,1391070&_dad=portal&_schema=PORTAL

25 a 28 de Julho, 2013: Teatro - TERMAS - espetáculo final da ESTC


"Sala Garrett
5.ª a Sáb. 21h, Dom. 16h

ENTRADA LIVRE (sujeita a reserva e à lotação da sala)

"Termas, um exercício a partir de fragmentos do "Aquista” de Hermann Hesse, um excerto de "O Eleito” de Thomas Mann e cinco canções de Schubert. Talvez a melhor aproximação a este exercício de um pequeno grupo de alunos finalistas do curso de Actores, Design de Cena e Produção, da Escola Superior de Teatro e Cinema, seja utilizar como Camões o vocábulo Aquistar, como sinónimo do verbo Adquirir; no fundo, trata-se de uma possibilidade de Aquistar experiência artística.

a partir do universo de Herman Hesse
encenação Maria Duarte
interpretação (ramo atores) Alba Novoa, Ana Lopes Gomes, Ana Paula Almeida, Blanca Escobar, Inês Macedo, José Leite, Rafael Gomes, Rita Figueiredo, Roberto Terra, Rosário Melo, Simão Biernat, Teresa Coutinho
acompanhamento ao piano António Neves da Silva
cenografia, figurinos e caracterização (ramo design cena) Maria João Montenegro, Paulo Gonçalves
desenho de luz (ramo produção) Ana Margarida Luz
desenho de som José Pedro Caiado
direção de cena (ramo produção) Catarina Pires
produção executiva (ramo produção) João Duarte
coordenação de cenografia e figurinos José Espada
coordenação de produção, iluminação e direção de cena Miguel Cruz
direção musical e preparação vocal Maria Repas
corpo Jean Paul Bucchieri
gabinete de produção ESTC Pedro Azevedo, Conceição Costa, Rute Reis
mestra de guarda-roupa Olga Amorim
parceria TNDM II e Escola Superior de Teatro e Cinema
M/12"
Transportes:
Metro: Restauradores, Rossio
Comboio: Rossio, Cais-do-Sodré
Barcos: Terreiro do Paço, Cais-do-Sodré
Autocarros:
91, 711, 714, 732, 736, 737, 746, 759, 760, 783
Eléctrico: 12, 15, 18, 28
 
Elevadores: Glória, Lavra
 

3 a 11 de Agosto, 2013: Ciclo de Cinema - JAZZ EM AGOSTO

FILME - Ciclo John Zorn

Jazz em Agosto

Sábado, 03 e 04 de Agosto 2013  |  18:30  |  Entrada Livre

Sala Polivalente CAM

Ciclo John Zorn
John Zorn’s Treatment for a Film in Fifteen Scenes

Well Then There Now
Realização: Lewis Klahr
2011, 13 min

Bare Room
Realização: Joey Izzo
2011, 31 min

15 scenes: 254 shots
Realização: Gobolux (KimSu Theiler, Andrew Nelson)
2011, 14 min

Arcana
Realização: Henry Mills
2011, 30 min

Documentário: aTensãoJazz (Ep. 1 e 2)

Segunda, 05 Ago 2013  |  18:30  |  Entrada Livre 

Documentário: aTensãoJazz (Ep. 3 e 4)

Terça, 6 Ago 2013  |  18:30  |  Entrada Livre 

Documentário: aTensãoJazz (Ep. 5 e 6)

Quarta, 7 Ago 2013  |  18:30  |  Entrada Livre

Documentário: aTensãoJazz (Ep. 7 e 8)

Quinta, 8 Ago 2013  |  18:30  |  Entrada Livre

Documentário: aTensãoJazz (Ep. 9 e 10)

Sexta, 9 Ago 2013  |  18:30  |  Entrada Livre

Autoria: Rui Neves | Realização: Paulo Seabra
2011

Série documental sobre uma história do Jazz em Portugal (Ep. 1 e 2)
Entrada Livre
Com Luís Villas-Boas, Bernardo Moreira, Hélder Bruno Martins, Manuel Jorge Veloso no 1º episódio e José Duarte, Rão Kyao, Carlos Martins, Júlio Resende no 2º, foca-se o primeiro jazz em Portugal, os primeiros concertos, os primeiros discos, a fundação do Hot Club de Portugal, a primeira geração de músicos depois de 25 Abril 1974.


FILME - World Saxophone Quartet no Jazz em Agosto 1987

Jazz em Agosto

Sábado, 10 Ago 2013  |  18:30  |  Entrada Livre

Sala Polivalente CAM

(Arquivo RTP )

Entrada Livre
Realizada por Margarida Gil, esta gravação preserva a formação original do importante quarteto de saxofones WSQ – David Murray, Julius Hemphill, Oliver Lake, Hamiet Bluiett.

FILME - Sun Ra Arkestra no Jazz em Agosto 1985

Jazz em Agosto

Domingo, 11 Ago 2013  |  18:30  |  Entrada Livre

Sala Polivalente CAM

(Arquivo RTP )
Entrada Livre
Realização de Ferrão Katzenstein do concerto memorável da Sun Ra Arkestra no seu máximo esplendor com uma formação de músicos originais desde o seu início".
 

Fundação Calouste Gulbenkian
Avenida de Berna 45 A - 1067-001 Lisboa
Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão
Rua Dr. Nicolau de Bettencourt

Transportes
Metro: São Sebastião, Praça de Espanha
Autocarros: 713, 716, 726, 742, 746, 756
Comboio: Entrecampos
 

25 de Julho, 2013: Concerto - MARIA JOÃO, OGRE

"Maria João OGRE
Concerto comemorativo do 30º Aniversário do CAM 
21:30  |  Entrada Livre (mediante levantamento de bilhete no próprio dia)
Anfiteatro ao ar livre


MARIA JOÃO (voz)
JOÃO FARINHA (Fender Rhodes, sintetizadores)
ANDRÉ NASCIMENTO (eletrónica)
JÚLIO RESENDE (piano)
JOEL SILVA (bateria)


Assinalando o 30º aniversário do CAM - Centro de Arte Moderna, onde o Jazz em Agosto nasceu a 1 de Agosto de 1984, com o concerto inaugural Quinteto Maria João, a cantora regressa à Fundação Calouste Gulbenkian com OGRE, o seu projeto mais recente, de onde se destaca a presença do pianista Júlio Resende".

Fundação Calouste Gulbenkian
Avenida de Berna 45 A - 1067-001 Lisboa
Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão
Rua Dr. Nicolau de Bettencourt

Transportes
Metro: São Sebastião, Praça de Espanha
Autocarros: 713, 716, 726, 742, 746, 756
Comboio: Entrecampos
Fonte e imagem: http://www.gulbenkian.pt/index.php?object=483&article_id=3713langId=1

20 de Julho, 2013: Vizinha - SÁBADUOS DA VIZINHA #43

às 19h
 
Quadragésimo terceiro SABADUOS.
Assim é... e assim será já no próximo sábado n'A Vizinha.

Bruno Parrinha (saxofone alto)
+
Francisco Medeiros, X (electrónica)
//
Pedro Castello Lopes (percussões)
+
António Chaparreiro (guitarra eléctrica)
 
A Vizinha
Na Rua da Bica Duarte Belo, 14 (elevador da bica)
A entrada é livre e as contribuições para os artistas também
".
 
Transportes:
Metro: Baixa-Chiado
Comboio: Rossio, Cais-do-Sodré
Barcos: Terreiro do Paço, Cais-do-Sodré
Autocarros:
714, 732, 735, 736, 758, 759, 760, 781, 782
Eléctrico: 12, 15, 18, 28
 
Elevadores: Bica, Glória

16 a 20 de Julho, 2013: Teatro Maria Matos - DIAS DA TRANSIÇÃO


"Encerramos a temporada 2012/2013 com os Dias da Transição. Depois do ciclo de conferências sobre as várias facetas da Transição, vamos tentar descobrir o que uma mudança para a sustentabilidade pode significar na vida de cada um. O programa abre com a última das conferências sobre Transição, em que Viriato Soromenho-Marques analisa a situação de Portugal. O filme In Transition 2.0, que é exibido na mesma noite, apresenta iniciativas de Transição em todo o mundo.


Também damos a palavra aos artistas: o Teatro do Vestido questiona o lugar do trabalho na nossa sociedade; no Teatro Mais Pequeno do Mundo, ouvimos histórias recicladas; Los Piñones fazem-nos dançar ao som de discos de vinil; Inês Barahona e Miguel Fragata trazem o discurso sobre a Transição para o jardim; e o norte-americano Davis Freeman encerra o programa, lançando um apelo bem-humorado para mudarmos a nossa vida, arrancando promessas da audiência em troca de… shots de vodka.
O já tradicional aoarlivre abraça o tema da Transição com um convite à sociedade civil e a organizações que defendem e desenvolvem práticas sustentáveis a fazer a festa connosco. Recebemos propostas muito diversas e trabalhámos em conjunto para construir um programa que dá a conhecer a cada vez mais pessoas as ações de quem está no terreno e que nos oferece a possibilidade de aprender o que podemos fazer no quotidiano para contribuir para uma mudança efetiva. O dia começa com dois passeios de bicicleta e um piquenique e à tarde há muitas atividades para toda a família que vão desde um trilho de reconhecimento da biodiversidade do jardim à permacultura e à cosmética natural, passando por diferentes abordagens à reutilização de materiais ou pela reparação de bicicletas. Durante a tarde, temos a oportunidade de ouvir na primeira pessoa a experiência e os projetos das organizações presentes. Para encerrar o dia, convidamos todos a provarem um Banquete sem Desperdício em que cozinhamos comida respigada com muito sabor.

Calendário Dias da Transição
terça 16 julho | Entrada livre
18h30 conferência Viriato Soromenho-Marques Riscos e Oportunidades numa era de Transição para a Sustentabilidade ― O caso português 

20h30 documentário Emma Goude In Transition 2.0

sexta 19 julho | Entrada livre
21h30 teatro Teatro do Vestido Labor #1  


sábado 20 julho | Entrada livre
10h30 às 13h00 Passeios de bicicleta 

15h00 às 19h30 aoarlivre 
19h30 Banquete sem Desperdício 
21h00 teatro Davis Freeman 7 Promises"

Passeios de bicicleta

Dias da Transição
CRIANÇAS E JOVENS
sáb 20 julho 10h30 às 13h00
Inscrição até 18.07.2013, por email: bilheteira.teatromariamatos@egeac.pt

Escolha um dos dois percursos que lhe oferecemos e venha passear sobre duas rodas por Lisboa. Em cada ponto a visitar, temos quem nos receba com histórias e curiosidades. Se não está habituado a circular de bicicleta entre os carros, não se preocupe: em conjunto com o Jornal Pedal, desenhámos percursos acessíveis e temos ciclistas experientes a acompanhar o grupo.
Percurso Arquitetura
Num passeio desenhado pela Trienal de Arquitectura e que conta com a orientação da TURA ― Turismo de Arquitectura, vamos descobrir alguns jardins da cidade e refletir sobre a sua função na paisagem urbana lisboeta. Começamos pelo Jardim Constantino, em Arroios, que deve o seu nome a um importante floricultor da Lisboa do final do século XIX, José Constantino Sampaio de Mello. Seguimos depois para o Jardim de Boto Machado, no Campo de Santa Clara, plantado originalmente em 1862, e rodeado de elegantes edifícios oitocentistas, entre os quais o Palácio Sinel de Cordes, nova sede da Trienal de Arquitectura de Lisboa que nos abre as portas para uma breve visita.
Percurso Hortas Urbanas
Porque é importante para nós conhecer e valorizar as iniciativas dos nossos vizinhos, visitamos a horta biológica que os alunos, pais e professores da EB1 do Bairro de S. Miguel criaram no pátio da escola.
Vamos ainda conhecer a Associação de Residentes de Telheiras que desde a sua fundação lutou pela criação de uma horta no bairro, encomendando até um projeto ao arquiteto Gonçalo Ribeiro Telles. O projeto ficou no papel e nós iremos espreitá-lo, mas o bairro não desistiu e em 2010 lançou as sementes de uma horta comunitária. Dois anos depois, a Câmara Municipal de Lisboa inaugurou o Parque Hortícola alguns quarteirões ao lado. Atualmente, as duas hortas estão ativas e prontas para nos receber. 
Piquenique
No fim dos percursos, juntamos os grupos num grande piquenique no Jardim das Estacas perto do Teatro Maria Matos e partilhamos a comida trazida por todos; basta que deixem as vossas cestas connosco antes dos passeios e, no regresso, nós fazemos chegar todos os petiscos à toalha. Os sumos para refrescar são por nossa conta.

aoarlivre

Dias da Transição
Jardim das Estacas
CRIANÇAS E JOVENS
sáb 20 julho 15h00 às 21h30

Entrada livre

Neste ano, o aoarlivre, que mais uma vez encerra a temporada do Teatro Maria Matos, vai estar cheio de propostas e ideias para ajudar a construir um mundo melhor. Além das habituais oficinas e espetáculos para toda a família, convidámos várias associações e grupos informais para nos mostrarem que é possível fazer muito com menos. Descobrimos que há muita gente na nossa cidade preocupada com as questões da sustentabilidade e que de formas muito diversas contribuem ativamente para transformar as suas e as nossas vidas. Queremos dar a conhecer o seu trabalho e as suas motivações. Na rua e no Jardim das Estacas, haverá apresentações de diversas e oportunidades para crianças e adultos colocarem em prática algumas ideias da Transição, construir brinquedos e fantoches a partir de cartão e de caricas, descobrir na Natureza cores para pintar, aprender a semear, plantar e transplantar na horta ou na varanda. O programa detalhado será divulgado posteriormente.

18 de Julho, 2013: Inauguração - APARÊNCIAS PRIVADAS. AUTO-RETRATOS DE ARTISTAS CONTEMPORÂNEOS

às 19h. Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva Praça das Amoreiras, n.º 56
Entrada livre

"Aparências Privadas. Auto-Retratos de Artistas Contemporâneos é o nome da nova exposição que inaugura a 18 de Julho na Fundação Arpad Szenes – Vieira da Silva. Esta mostra, comissariada por Luís Serpa, inclui auto-retratos de artistas contemporâneos, nacionais e estrangeiros, pertencentes à coleção de Safira e Luís Serpa, em diálogo com obras de Arpad Szenes e de Vieira da Silva, do acervo da Fundação do casal de artistas, em Lisboa.
A exposição, organizada em torno de cinco temas principais (O espelho; a morte; o estúdio; a transfiguração e o olhar do artista), problematiza questões como a importância do espelho para a construção do auto-retrato, onde o reflexo do artista é o reconhecimento do seu “eu”; a imortalidade de “si” e a eternidade da “obra”, que contraria o envelhecimento e a decadência do artista; o espaço onde o artista se confronta consigo mesmo e com as novas tecnologias; o artista como ser paradoxal que desafia a sua extinção e a perspetiva do artista face à observação, interpondo a realidade-real com a realidade-imaginada.
As obras da Coleção Serpa datam da segunda metade do século XX e do século XXI, os seus autores continuam a produzir, a sua relação com a obra continua em aberto. As obras de Vieira da Silva e de Arpad Szenes derivam de uma outra realidade: datadas da primeira metade do século XX, pertencem ao início de carreira dos artistas, entretanto já falecidos. São obras que, contendo em si promessas e potencialidades, integram um percurso que teve já o seu término. Ganham assim uma coerência e uma leitura que, analisadas à distância e em paralelo com toda a produção dos artistas, lhes garante um espaço na historiografia da arte, independentemente da sua condição de obra prima ou obra secundária.
O diálogo entre as obras das duas coleções, uma mais histórica (a da FASVS), a outra mais atual e em atualização (a dos Serpa), oferece-nos um olhar dual sobre o tema da autorrepresentação contemporânea: o da modernidade e vanguardismo, que revela no autoretrato as mesmas vias de pesquisa e problematização que exploram na pintura, como acontece em Szenes e em Vieira da Silva; o de transgressão e de provocação, que usa o autorretrato como meio e como via de pesquisa per se, independente, como é notório em Nan Goldin, João Vilhena ou Michèle Sylvander, entre outros.
Olhar os outros como a si mesmo, vestir-lhes a pele, ser lobo ou cordeiro, em Julho no museu Arpad Szenes- Vieira da Silva
".

Transportes

Metro: Rato
Autocarros: 706, 709, 713, 720, 723, 727, 738, 748, 753, 758, 774, 783
Eléctricos: 25 e 28

17 de Julho, 2013: DIA INTERNACIONAL NELSON MANDELA

17 de julho | 14h30h | Salão Nobre, Sala do Senado e Claustros
 
A Assembleia da República, por iniciativa da Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação, realiza um evento comemorativo - “Dia Internacional Nelson Mandela –  O Tributo da Assembleia da República”, como forma de assinalar o dia 18 de julho, Dia Internacional Nelson Mandela - Pela Liberdade, Justiça e Democracia. 

Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação
Assembleia da República1249-068 LISBOA
Telefone: 21 391 96 55
Fax: 21 391 75 08
E-mail: Comissao.12A-CPECCXII@ar.parlamento.pt

Entrada livre, sujeita a inscrição prévia para o email: Comissao.12A-CPECCXII@ar.parlamento.pt


"O que posso fazer no Dia INTERNACIONAL NELSON MANDELA?

O objectivo global do Dia Mandela é inspirar as pessoas a tomar medidas para ajudar a mudar o mundo para melhor, e assim construir um movimento global para o bem. Em última análise, visa a capacitar as comunidades em todos os lugares. "Agir; inspirar a mudança; Faça a cada dia um Dia de Mandela".
Indivíduos e organizações são livres para participar do Dia Mandela como quiserem. Nós, contudo, pedimos a todos a aderir ao quadro ético de "serviço para com o próximo"."


Transportes
Metro: Rato
Autocarros: 706, 727, 773
Eléctricos: 25, 28
Comboio: Santos
Barco: Cais-do-Sodré

20 de Julho, 2013: FEIRA DE BICICLETAS MADURAS

das 15h às 17h 
Av. de Álvares Cabral, 38, Lisboa

"O que é?
A FBM é uma espécie de feira da ladra mas só de bicicletas & Cia, e artesanato (artigos para bicicletas e/ou que incorporem peças das mesmas, dando-lhes nova vida). Em simultâneo é um espaço e um tempo de encontro, onde se conhecem novas pessoas e onde se convive com as que já conhecemos. :-)

Para que serve?
Para manter as bicicletas & Cia longe dos aterros, e facilitar as trocas de material usado entre as pessoas – quem tem e já não precisa pode recuperar algum dinheiro, e não manda nada fora, e as pessoas que não têm ganham acesso a material a um preço mais acessível, ou trocam o que já não usam pelo que precisam (ex.: bicicleta de criança por uma maior, uma cadeirinha por um atrelado, etc), contribuindo para a optimização dos recursos velocipédicos nacionais. ;-)

Paga-se?
Não, a entrada é livre.
Os expositores também não pagam nada, e nem precisam inscrever-se previamente (embora agradeçamos se quiserem avisar da vossa presença!), mas devem assinalar junto de nós a sua chegada no dia da Feira, e procurar estar no local às 15h.

Como expositor, o que posso levar?
Coisas usadas. Bicicletas, triciclos, cadeirinhas de criança, atrelados, sacos e alforges, e outros acessórios, peças, etc. Artesanato: acessórios feitos artesanalmente (ex.: alforges, etc), e objectos genéricos que incorporem peças de bicicleta sem reparação/uso, revalorizando-as.

Como funciona?
Tem bicicletas e/ou acessórios que já não usa?

Venha vendê-los, trocá-los ou quem sabe até doá-los na Feira de Bicicletas Maduras. :-) Trata-se de um espaço de encontro entre quem procura e quem oferece bicicletas com história. A Cenas a Pedal apenas disponibiliza o espaço e divulga os encontros. Todas as vendas, trocas ou doações são da exclusiva responsabilidade dos intervenientes. Os expositores deverão trazer o que acharem indicado para expôr o material em causa (uma manta para pôr no chão onde pousar peças e acessórios, por exemplo, uma folha com preços, etc).

Liberte espaço em casa, recupere algum do dinheiro investido, e encontre novos donos para as bicicletas, reboques, cadeirinhas, etc, que já não usa. Não deixe que o equipamento se degrade por falta de uso, e não o ponha no lixo! Contribua para a protecção do ambiente e da economia nacionais com os 4R‘s: Reduzir, Reutilizar, Revalorizar, Reciclar! :-)

Toda a informação aqui: http://www.cenasapedal.com/eventos/feira-de-bicicletas-maduras/"

Transportes
Metro: Rato
Autocarros: 74, 709, 713, 720, 727, 738, 773
Eléctricos: 25, 28

13 de Julho, 2013: Vizinha - SÁBADUOS DA VIZINHA #42


às 19h

Sei Miguel (Trompete)
+
Fala Mariam (Trombone)
//
Luis Lopes (Guitarra)
+
Miguel Sá (Monotrons)

A Vizinha
Na Rua da Bica Duarte Belo, 14 (elevador da bica)
A entrada é livre e as contribuições para os artistas também
".
 
Transportes:
Metro: Baixa-Chiado
Comboio: Rossio, Cais-do-Sodré
Barcos: Terreiro do Paço, Cais-do-Sodré
Autocarros:
714, 732, 735, 736, 758, 759, 760, 781, 782
Eléctrico: 12, 15, 18, 28
 
Elevadores: Bica, Glória

13 de Julho, 2013: Old School - D.A.E.S., Kippy! Please stay dead

OLD SCHOOL #23
D.A.E.S.
"Kippy! Please stay dead"*
13 de Julho de 2013, às 22h
na Escola das Gaivotas**

Trailer: https://vimeo.com/69699518

*COM SORTEIO DE 6 PEÇAS ALL FREE BABY
**Rua das Gaivotas nº6 (São Paulo/Santos)

 

Transportes

Autocarros: 74, 706, 713, 714, 727, 728, 732, 760, 781, 782, 794

Comboio: Santos

Eléctricos: 15, 18, 25, 28
Barcos: Cais-do-Sodré

Fonte e imagem: http://oldschoolpomba.blogspot.co.uk/2013/07/os-23-daes-kippy-please-stay-dead-sab.html

14, 21 e 28 de Julho, 2013: Biblioteca Municipal Palácio Galveias - AULAS GRATUITAS DE YOGA E TAI CHI


Biblioteca Municipal Palácio Galveias
Campo Pequeno, Lisboa
domingo, 14, 21 e 28 de Julho | 11H00

"TAI CHI e YOGA
O Quiosque Galveias com o apoio da Confederação Portuguesa de Yoga e colaboração da BMPG, irá realizar sessões de Yoga Samkhya e TAI CHI aos domingos no Jardim do Palácio Galveias.


Programa
14.07.2013 - Yoga, com Ricardo Costa
21.07.2013 - Tai-Chi, com Laura Napal
28.07.2013 - Yoga, com Ricardo Costa
Sempre às 11:00h, mas é preciso estar atento porque pode haver surpresas
".

Entrada gratuita, mediante inscrição prévia para: quiosquegalveias@gmail.com



Transportes
Comboio: Entrecampos, Roma
Metro: Campo Pequeno
Autocarros: 727, 736, 738, 744, 749, 754, 756, 783, 798

Imagem: http://homeroomchicago.org/?blogs_page=28

11 de Julho, 2013: Concerto - ORQUESTRA GERAÇÃO



Anfiteatro ao ar livre

às 19h

Entrada livre sujeita aos lugares disponíveis
Levantamento de bilhetes nas bilheteiras da Fundação (
Fundação Gulbenkian e do Centro de Arte Moderna) a partir das 10:00 do próprio dia do espectáculo (limite 2 bilhetes por pessoa).

Pelo quinto ano consecutivo, as Orquestras Geração (da Amadora e de Loures) apresentam-se num concerto de verão com 240 crianças e jovens. 



Fundação Calouste Gulbenkian
Avenida de Berna 45 A - 1067-001 Lisboa
Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão
Rua Dr. Nicolau de Bettencourt

Transportes
Metro: São Sebastião, Praça de Espanha
Autocarros: 713, 716, 726, 742, 746, 756

Comboio: Entrecampos

 
Fonte: http://www.gulbenkian.pt/index.php?object=483&article_id=764langId=1

12 de Julho, 2013: Apresentação de livros e conversa com as artistas - RITA BARROS e MARIA LUSITANO


"STET vai participar na comemoração dos 100 anos da Sá da Costa com uma residência STET fora de Portas - no 1º andar da Livraria Sá da Costa

Evento I:
Livros de artistas: Rita Barros e Maria Lusitano
Apresentação de livros e conversa com as artistas
moderada por Filipa Valladares

Duas(três) artistas, dois trabalhos muito díspares, mas uma vontade comum de trabalhar o objecto livro.
Vamos mostrar livros, falar de livros e de outras artistas e fotógrafas que os usaram como veículo dos seus trabalhos.

6ª feira | 12 Julho | 19h
A STET em residência na Sá da Costa
Livraria Sá da Costa - 1º andar
(entrada directa pela Rua Serpa Pinto, 19)".


Transportes:
Metro: Restauradores, Rossio
Comboio: Rossio, Cais-do-Sodré
Barcos: Terreiro do Paço, Cais-do-Sodré
Autocarros: 1, 36, 40, 44, 91, 709, 711, 714, 732, 735, 745, 759, 760, 781, 782
Eléctrico: 12, 15, 18, 28

11 de Julho, 2013: Sessão de discussão - INTERVENÇÃO NA COLINA DE SANTANA

às 18h
Ordem dos Arquitectos
Travessa Carvalho 21-25, Lisboa

"A Câmara de Lisboa organiza esta quinta-feira na sede nacional da Ordem dos Arquitectos, em Lisboa, uma sessão de discussão sobre a intervenção na Colina de Santana, nomeadamente nos hospitais dos Capuchos, São José e Santa Marta, e no já desactivado Miguel Bombarda, que visa financiar a construção do Hospital de Todos-os-Santos. Esta será a primeira de outras sessões de discussão nomeadamente a obrigatória discussão pública.
Esta sessão conta com a presença do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Lisboa e dos autores Inês Lobo, António Belém Lima, Teresa Nunes da Ponte e Fernando Amado.

Mais informação sobre o projecto."

Transportes
Metro: Terreiro do Paço
Autocarros:
714, 732, 735, 736, 758, 759, 760, 781, 782

Eléctricos:15, 18, 25, 28
Barco: Cais do Sodré
Comboio: Cais do Sodré, Rossio, Santa Apolónia


 





Fonte e imagem: http://arquitectos.pt/?no=2020494363%2C153

18 a 20 de Julho, 2013 - Festival: NOOR – Mouraria Light Walk


"Nas noites de 18 a 20 de julho, a Mouraria enche-se de arte e luz e convida os visitantes a um novo olhar sobre o bairro, descobrindo-o em animados e interessantes percursos por elementos significativos do seu património material e imaterial. Entre as 22h e 2h as igrejas ficarão abertas e o Largo da Rosa acolherá concertos, V-jamming, laser graffiti e espaço lounge.
Trata-se do percurso do NOOR – Mouraria Light Walk, uma iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa em parceria com o EBANOCollective, um coletivo de artistas/cientistas sociais que se propõe realizar intervenções site-specific no espaço público, resultantes do diálogo entre prática artística e pesquisa etnográfica.

(Carregar sobre a imagem para ampliar)
Conheça e participe
NOOR, que em árabe significa luz, apoia-se numa perspetiva histórica sobre o bairro da Mouraria, tendo um cariz etnográfico e participativo através do envolvimento da comunidade.
O bairro da Mouraria foi um dos primeiros guetos muçulmanos da história europeia. Construído de costas viradas para o rio Tejo e privado de sol na maior parte do dia, as suas ruelas obscuras tornaram-se sinónimo de atividades ilícitas e vida boémia.
Esta intervenção, baseada em efeitos de luz, convida a novas perspetivas e diálogos com as dimensões invisíveis e esquecidas de um bairro ao mesmo tempo popular, tradicional e multicultural, que na sua diversidade interna encontra a sua identidade.

Acessos e percurso
Os acessos serão feitos pela Rua da Mouraria (Martim Moniz) e pelo Largo do Caldas (Rua do Regedor).
(Carregar sobre a imagem para ampliar)
Percurso: Martim Moniz, Rua da Mouraria, Rua do Capelão, Largo da Severa, Rua da Guia, Rua Marquês de Ponte de Lima, Largo da Rosa, Largo dos Trigueiros, Rua de São Cristóvão e Rua do Regedor.

Visitas guiadas - todas as noites
As noites da Mouraria vão ter LUZ.ARTE.CULTURA
Venha descobrir a Mouraria numa nova luz
Visita guiada pelos percursos e instalações que fazem parte deste festival de luz.
22h30/ encontro em frente à Igreja da Senhora da Saúde/ gratuitas/ não é necessário reserva.
NOOR – Mouraria no Facebook"



"Noor Meeting Point - Largo da Rosa. Este programa pretende a criação de ambientes musicais nos antigos lavadouros do Largo da Rosa, através de djing, música ao vivo e videojamming. O foco central é a diálogo musical e cultural entre influências do Sul e do Leste do continente europeu. Sonoridades e partilhas que remontam à música ouvida e tocada na Mouraria desde a presença islâmica, até à ocupação contemporânea, numa viagem pelas melodias e estilos que Lisboa acolheu enquanto capital cosmopolita".


Transportes
Metro: Intendente, Martim Moniz, Rossio
Autocarros: 708, 712, 714, 730, 732, 734, 736, 737, 759, 760
Eléctricos: 12, 15, 28
 

6 de Julho, 2013: Arraial - 17.ª EDIÇÃO ARRAIAL PRIDE


Terreiro do Paço, 16h/04h
 
Palco
19:30 - Tércio Borges & Os Democratas do Samba
22:30 - D.M.A (Disco My Ass)
00:30 - Moullinex
02:00 - Peaches
 
WELCOME CENTER ILGA-TE
16h/04h
A Pride Village é o espaço onde o convívio, serviços e lazer se encontram. Com funcionamento a partir da tarde, início às 16h prolongando-se até ao encerramento, é no Welcome Center que estão presentes a área de acolhimento, loja de merchandise e ponto de informação e divulgação dos projetos da associação ILGA Portugal.

ARRAIALITO
16h/20h
O Arraialito é o Arraial das crianças, dos jovens e das famílias e funcionará das 16h às 19h, com a participação do Palhaço Mikas e o apoio da Aquarela Mágica - e muitas atividades planeadas: pinturas faciais, modelagem de balões, espaço de leitura e divertidas sessões fotográficas.
Das 16h30 às 17h30 funcionarão dois workshops – reciclagem criativa e origami – e a partir das 18h um jogo de equipas – em busca do início do arco-íris – onde a diversão é garantida.
Transversal a toda a programação está a zona de videojogos, com uma plataforma da Playstation que promete entreter miúd@s e também graúd@s.

LOUNGE CENTRO LGBT
16h/04h
Um ambiente descontraído e relaxante onde se poderá descansar com vista panorâmica sob o rio Tejo e a ambiência proporcionada pela sua programação e bar próprios. DJ Bandida, Politoxic & Master Bates e ainda Casa Cláudia da Radar FM prometem cativar o público das 16h30 até ao final da tarde.
 
QUEERMESS
16h/04h
A tenda mais tradicional das Festas de Lisboa no Arraial Pride. Centenas de prémios originais e bugigangas irreverentes na quermesse queer.

ASSOCIAÇÕES / ARTES MANUAIS / COMÉRCIO
16h/04h
É também neste espaço que se faz a representação de entidades como associações de cariz humanitário, empresas e pequeno comércio.

Transportes
Metro: Terreiro do Paço
Autocarros:
709, 711, 714, 732, 735, 736, 758, 759, 760, 781, 782
Eléctricos: 12, 15, 25, 28
Barco: Terreiro do Paço, Cais do Sodré
Comboio: Cais do Sodré, Rossio, Santa Apolónia